Oi!

Esse é o Petites Mélodies, um blog sobre arte e cultura visual.

Espero que goste da leitura e que acompanhe as novidades nas redes sociais!

#dicacultural: pay what you wish

andy-warhol-four-dollar-signs-c-1982-blue-red-orange-yellow
andy-warhol-four-dollar-signs-c-1982-blue-red-orange-yellow

Nessa época de férias e altas temperaturas no hemisfério Sul, muitos brasileiros acabam fugindo para o frio do hemisfério Norte, em especial para NY. Pensando nisso, queria dividir uma descoberta de uns anos atrás, quando estive lá em 2011.

Na revista Time Out de NY você consegue ver os horários/dias que os museus abrem suas portas de graça para o público. Na verdade não é exatamente de graça, eles chamam de “pay what you wish”, ou seja, você paga se quiser e o quanto quiser. Museu em NY pode ser bem carinho – comparado com os museus europeus –, ainda mais com a subida do dólar.

Como eu gosto de ir a museus e ver exposições diferentes, sempre tento prever o quanto vou gastar com isso, quando viajo. E se você for como eu, basta se programar de acordo com o calendário de descontos.

Não são todos os museus que oferecem descontos – o Met e o Cooper-Hewitt, por exemplo, não entram nessa lista. Mas vários outros bons como o MoMA, oWhitney etc estão lá. Para conferir a lista, entra aqui.

E atenção! Cuidado com o horário de chegada para não enfrentar muita fila.

tony orrico // penwald drawings

morgan herrin